07 hábitos nocivos para você se livrar no começo do ano

“Para sonhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.” (Carlos Drummond de Andrade)

Sempre quando se inicia um novo ano, fazemos inúmeras promessas como: parar de fumar, fazer um regime, começar a frequentar uma academia, etc…

Que tal começar o ano de 2016 com o propósito diário de se tornar uma pessoa cada vez melhor e deixar hábitos tóxicos no passado?

1- Deixe ir coisas e relacionamentos sem funcionalidade

Temos o hábito de “escorar” estruturas falidas o máximo que podemos, impedindo que as coisas caiam. Tudo é mantido num estado de falsa solidez, de falsa durabilidade. Assim, vivemos na mentira e nos queixamos de nossa infelicidade.

Quando você permitir que a falsa estrutura desabe, perceberá que seu terreno ficou limpo para que coisas, pessoas e situações mais verdadeiras brotem naquele espaço que ficou vazio.

É importante seguir em frente, não lamentando o que passou, mas valorizando o que se manteve de pé, pois o que se manteve é verdadeiro.

2- Pare de reclamar e assuma o controle de sua vida

Não fique lamentando pelo que poderia ter feito e não fez. O que passou está fora do seu controle. Olhe para o presente e se certifique do que pode ou deve ser mudado, em você e em tudo que se relaciona a sua vida e faça escolhas. O que você não puder modificar, aceite serenamente e seja feliz.

Situações de estresse estão presentes em nosso cotidiano, mas quem tem o controle da sua vida e metas determinadas, sabe que estas situações são caminhos para elevação e crescimento interior.

3- Saia da inércia e determine objetivos a médio e longo prazo

Se quiser começar com motivação defina o que deseja alcançar, faça um planejamento e haja como já tivesse conquistado. Pessoas que não tem objetivos, se tornam inertes. Quem não sabe para onde ir permanece no mesmo lugar dando todo tipo de desculpas.

Seja persistente e devotado as metas estabelecidas. Aos poucos, perceberá que elas estão se concretizando. De nada adianta você sonhar em viajar para algum lugar, ter a sua casa própria ou o trabalho dos sonhos se você permanece inerte com atitudes contrarias a materialização de seus sonhos.

4- Livre se das dividas acumuladas

Não arraste para o ano novo suas dividas acumuladas. Identifique a fonte de cada uma e o valor. Reúna todas em uma planilha e determine a ordem de prioridade para quitação. Pague primeiro as contas que comprometem mais de 10% da sua renda.

Lembre se que para se livrar das dívidas, a disciplina é fundamental. Entenda que a mudança na rotina financeira é por pouco tempo. Guarde seu cartão de crédito, procure comprar somente o necessário e á vista.

Tenha em mente que seu objetivo é se livrar de um hábito toxico que é a falta controle financeiro. O lado bom é que aprenderá como administrar seus ganhos.

5- Pare de ficar guardando coisas inutilizáveis

Temos o hábito de conservar coisas pela ligação emocional que nos une estes objetos Com o tempo eles se tornam uma versão de material de nossas memórias e com isto passamos a armazenar vários itens que julgamos importantes.

Começo de ano é a época perfeita para fazer uma seleção do que realmente precisamos e o que pode ser doado. Afinal não precisamos ficar entulhando nossa vida com coisas materiais apenas para conservar lembranças em nossa memoria.

Quando você se apega a coisas e objetos, está impedindo que outras pessoas possam ter acesso a eles, sendo até uma atitude egoísta. Abrir mão de coisas guardadas por muito tempo deixa a vida mais leve. A prática do desapego pode não ser muito fácil, mas é libertadora e denota equilíbrio emocional.

6- Não seja tão crítico com você

Reconhecer que os erros fazem parte do crescimento emocional e espiritual é tão importante quanto à maneira que você reage diante deles. Pense, analise e veja por que tomou determinada atitude diante de uma situação. Reconheça sua falha e supere-a.

Nunca se compare com ninguém. Cada indivíduo contribui com seu potencial para a vida. Tenha consciência que suas características, habilidades e importância, são únicas. A comparação pode trazer a inferioridade ou a superioridade. Sem ela você se torna especial e necessário.

Defenda o que você acredita e aprenda com aqueles que te criticam. Expresse seus pontos de vista com serenidade sem imposições e saiba ouvir a opinião dos outros, pois cada pessoa pensa e age em conformidade com seus valores, crenças e educação. A critica geralmente nasce, da não aceitação pelo outro, do ponto de vista alheio. Observe isto e aprenda.

Procure sempre se cercar de pessoas que desejam seu sucesso. Isto elevara sua autoestima, fazendo com que perceba que a vida é uma escola e que somos todos, professores e alunos. Encare as situações com mais leveza. Aos poucos, deixara de ser tão duro com você!

7- Pare de negligenciar sua saúde prestando atenção aos alertas de seu corpo

É muito comum ouvirmos, pessoas reclamando que vivem cansadas. Geralmente este sintoma está associado ao ritmo acelerado de vida e a noites mal dormidas. Mas o cansaço pode estar relacionado a alguma patologia mais séria, se ele se tornar rotina. Outros fatores podem e devem ser considerados, como os desequilíbrios clínicos decorrentes de carências nutricionais, desequilíbrios hormonais, infecções e doenças autoimunes.

Da mesma forma, pouca atenção é dada aos nossos hábitos de sono, embora todos nós passemos um terço de nossa vida dormindo. Se você não tem uma boa noite de sono, não terá energia suficiente para as atividades cotidianas. O sono de qualidade ruim prejudica a síntese de alguns hormônios e desorganiza o metabolismo, favorecendo o aparecimento de diversas doenças como obesidade e depressão.

Outro habito toxico que deve ser eliminado é o consumo de alimentos industrializados e a redução do tempo dedicado ás refeições. Tais comportamentos têm aumentado à incidência de casos de alergias e intolerância alimentar significativamente, segundo especialistas. “A pressa e a busca da praticidade têm prejudicado muito a qualidade da nossa alimentação”, afirma a nutricionista Iara Oliveira, especialista em Nutrição Clínica Funcional.

Acrescenta ainda, “Podemos explicar o sistema imunológico como sendo a proteção natural do corpo contra os invasores externos, antes que eles possam causar algum mal”.

Portanto, a baixa qualidade da alimentação provoca prejuízos ao sistema imunológico, diminuindo a resistência do corpo aos agentes externos.

Por ultimo e não menos importante, diga adeus ao sedentarismo. Uma atividade física moderada e regular é imprescindível para que os diversos órgãos do corpo desempenhem suas funções de forma regular. Os exercícios fortalecem os músculos (restaurando lhes a elasticidade), os ossos e as articulações (tornando-as mais flexíveis).

Lembre-se que VOCÊ é seu melhor investimento. Então comece o ano mudando seus paradigmas de comportamento e de hábitos, adotando mais SAÚDE, física, mental e emocional a sua vida.

  • Atitudes para começar bem o ano novo:
  • Tenha hábitos moderados e saudáveis de vida
  • Adote relacionamentos com pessoas edificantes e bem humoradas
  • Exerça a paciência, tolerância, serenidade, concentração e o altruísmo.
  • Desenvolva habilidade de rir, descontrair, manter o bom humor e a alegria de viver
  • Trace objetivos profissionais, pessoais e familiares.
  • Aprenda a lidar com os obstáculos compreendendo que eles, às vezes, servem para nos tirar da “zona de conforto”.
  • Se aceite, se respeite e seja mais feliz!