Afinal vale a pena trair?

Traiçãovaleapena290516

Segundo o IBGE, 40% a 60% dos casamentos terminam em divórcio. Muitos desses divórcios têm a infidelidade como motivo principal. 57% dos homens e 54% das mulheres admitem que já traíram, seja pessoalmente ou virtualmente.

O doutor Rubens Gonçalves, médico atuante no Hospital Albert Einstein, desde 1971, autor de três obras sobre medicina e outros romances, explica de maneira prática e objetiva, alguns pontos que homens e mulheres devem levar em conta antes de decidirem sobre a traição.

Toda ligação através de um casamento, espera-se que seja para sempre. Porém, para a maioria dos casais a vontade de mandar tudo para o inferno e ir embora muitas vezes se faz presente. E a pergunta que surge é – por quê? ““ A resposta é muito simples:” Viver junto é muito difícil”.

A traição não ocorre de uma hora para outra. Normalmente os casais se unem por amor e se separam por falta de cuidado mútuo. As pequenas falhas de um com o outro, as pequenas decepções, os pequenos mal-entendidos, as pequenas indelicadezas vão ao longo do tempo se somando até criarem um espaço irreconciliável entre os dois.

Nessas horas é muito comum surgirem aqueles que podem nos indicar caminhos que pareçam mais fáceis sugerindo-nos atalhos tentadores de traição em nossa ligação afetiva. Antes de qualquer passo que poderá ser destruidor é preciso fazer algumas reflexões:

A maioria do meu tempo junto a ela (e) foi assim ou é assim? Não temos momentos de amor, ternura e construção a dois?

Ele (a) e é um (a) companheiro (a) que caminhou junto, ao meu lado não só nos prazeres como também nas dificuldades?

O desgaste físico que ela (e) apresenta hoje, também não é devido à vida que sofremos juntos? A construção e amparo de nossa família, será que não nos desgastou? Será que tivemos tempo para nos preocupar-nos com nós mesmos?

O distanciamento que apresentamos hoje também não é responsabilidade minha?

Em pesquisa realizada ,com casais sobre o tema ,a psiquiatra e psicanalista Dr. Gail Saltz, chegou ao seguintes resultados:

Motivos que levam alguns homens a trair –

Desordem ou vício sexual.

Acreditam que é mais fácil trair e procurar intimidade fora do casamento do que resolver os problemas em casa.

Querem experimentar controle na relação.

Não foram descobertos na primeira vez, e não resolveram o problema que os levaram a trair e acabam cometendo o mesmo erro.

Não têm firmeza suficiente para dizer não às mulheres que se mostram interessadas.

Decidem trair porque gostam de variedade e de conhecer outras pessoas.

Motivos que levam as mulheres a trair –

Se sentem solitárias e cansadas da rotina.

Desordem ou vício sexual.

Se sentem carentes, desprezadas e ignoradas emocionalmente pelo cônjuge.

Acreditam que o marido está traindo então tentam pagar na mesma moeda.

Procuram fugir dos problemas de casa, normalmente quando têm um marido controlador, para conseguir carinho de outro.

Entretanto o fundamental é refletir sobre o fato de que um bom relacionamento tem regras bastante claras- você abre mão de várias coisas para viver em harmonia com outra pessoa e ela também.

É ilusão achar que podemos manter o mesmo comportamento de solteiros, querendo que a outra pessoa nos aceite como somos. Se você realmente deseja estar com alguém e quer que isso seja duradouro, deixe de lado alguns princípios e adote outros.

È preciso ter a consciência de que encontrar a felicidade ao lado de alguém só depende de nós mesmos, da nossa vontade de fazer com que isso realmente aconteça e da persistência em nos dedicarmos a apenas uma pessoa. Portanto:

-Respeite o compromisso feito – A traição não acontece por falta de amor, e sim por falta de respeito.

-Haverá graves consequências – A traição afeta profundamente o relacionamento do casal e os filhos. Então, antes de trair, pense bem, não é somente a sua vida que está em jogo, e sim da sua família num todo.

-Trair é para pessoas sem caráter– Ser desleal com o cônjuge é uma característica de pessoas desonestas, mentirosas e covardes. Por mais que você tenha os seus motivos, trair não deve ser uma válvula de escape para evitar os problemas do casamento.

Pense nisso e seja feliz. Pelo menos tente!

mudancadeparadigmas.com

Se você gostou, compartilhe essa matéria ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page