Barack Obama proibiu a mineradora Vale como patrocinadora de evento no Brasil

Barack Obama, ex-presidente dos EUA, em sua primeira visita ao Brasil após deixar a Casa Branca, participou do Fórum Cidadão Global,na quinta-feira(05) mas, proibiu uma das empresas que patrocinariam o evento, de fazer parte do acontecimento.

A mineradora Vale, envolvida no desastre do rompimento da barragem de Mariana (MG), teve de ficar de fora da lista de empresas que bancaram a vinda do político, registra o site Poder 360.

À frente da organização, o jornal Valor Econômico, aceitou o veto. Outra exigência de Obama foi de que não tivesse a presença de políticos brasileiros.

Segundo informações do Poder 360, o cachê de Obama foi de US$ 500 mil, livre de despesas. Ou seja, mais de R$ 1,5 milhão.

Por esse valor, o ex-presidente dos EUA fez um discurso de 23 minutos. Submeteu-se a uma espécie de talk-show de cerca de 40 minutos com Frederic Kachar, diretor-geral da Infoglobo (empresa dona do Valor).

mudancadeparadigmas.com