Depois da saída de Janot, Lava Jato terá “rumo certo” diz Temer

Em entrevista ao jornal Estado de São Paulo o presidente Michel Temer (PMDB-SP) afirmou que as mudanças na Procuradoria-Geral da República-PGR “darão o rumo correto à Lava Jato”.

Autor da denúncia, chamada pelo peemedebista de “ridículo jurídico sem provas sólidas” o chefe da PGR, Rodrigo Janot, deixará o cargo em 17 de setembro.

Quem ouve o áudio (da conversa entre ele e o empresário Joesley Batista) não verifica nenhum compromisso meu que permitiu esse processo que ninguém sabe bem o porquê (dele) e nem porque prosseguiu”, disse Temer.

A fala do presidente acontece dois dias após a Câmara dos Deputados barrar a denúncia por corrupção passiva, com o apoio de 263 deputados.

Temer também não descartou a possibilidade de troca de comando na Polícia Federal e disse que nunca pretendeu destruir a operação da qual virou alvo.

O rumo certo é o cumprimento da lei”, afirmou.

Desde que seja com os outros…

mudancadeparadigmas.com