Deputado chama parlamentar petista de “vaca” em sessão na Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Durante a sessão plenária na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, na última quarta-feira (9) o deputado estadual Cabo Júlio (PMDB) pediu a palavra para falar sobre o assalto a um motorista do Uber, que reagiu e matou três suspeitos em São Paulo.

Sua intenção era de fazer uma crítica ao posicionamento, em rede social, da deputada federal Maria do Rosário (PT), do Rio Grande do Sul porque ela teria recriminado a ação do motorista, que também é policial militar.

Em seu discurso, o deputado leu a suposta postagem da rede social da parlamentar e ao fazer seus comentários, chamou a deputada de “vaca”:

Hoje temos três famílias chorando em razão desse PM opressor. Caso ele não tivesse reagido, apenas uma família choraria. Assim o prejuízo seria melhor para a sociedade”. Em seguida, ele a insulta: “Porque para falar uma bobeira dessas, era melhor essa vaca calar a boca”.

O que o deputado não sabia é que se tratava de uma mensagem falsa, já esclarecida por Maria do Rosário, o que poderia ser verificado no Facebook oficial dela.

Foi criticar e fez pior, pois, na hipótese ,de ela  ter dito, o que leva um deputado a pedir a palavra no plenário da Assembleia Legislativa e xingar uma mulher por três vezes de “vaca”? Informações: Época.Globo

 

 

cabo-juliomontagemfake

mudancadeparadigmas.com

 

Se você gostou, compartilhe essa matéria ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page