Dr. Rey sobre sua candidatura à presidência: “Sou a última esperança”

O cirurgião plástico, Roberto Miguel Rey Júnior – Dr. Rey ,dono de clínicas de estética no Brasil e nos Estados Unidos, quer ser candidato à Presidência para “levantar a nação da miséria”, diz a Veja.

Em entrevista ao blog Gente (Veja) o médico afirmou que não será o cirurgião-primeiro presidente:

Cogito a pré-candidatura à Presidência do Brasil. Não serei o primeiro cirurgião­ presidente. Juscelino Kubitschek também era. Sigo os passos do doutor Enéas. Estamos ressuscitando o partido dele, o PRONA. Faltam 20 000 assinaturas (para o registro partidário)”.

Perguntado se tinha alguma proposta específica, ele respondeu:

Quando eu for presidente, o Hino Nacional vai tocar todas as manhãs e vamos todos nos levantar e colocar a mão direita no lado esquerdo do peito, como acontece nos Estados Unidos. Meu governo terá quinze ministérios. As cidades brasileiras estão entre as mais violentas do mundo. Quero dobrar o número de policiais, dobrar seu salário e encher o Brasil de cadeias privadas (…).

Matou aos 8? Vai ser julgado como adulto. Estuprou alguém? É cadeia para sempre”.

Copiando o sistema americano?

mudancadeparadigmas.com