Juiz manda prender suspeito, leva soco e cai desmaiado em audiência

O juiz de direito João Luciano Sales do Nascimento, do Juizado Especial Cível e Criminal de Praia Grande (SP), foi agredido com um soco na boca permanecendo por alguns segundos desacordado, durante uma audiência nesta sexta-feira (15), segundo informações do R7.

O suposto autor da agressão, Marcus Vinícius Ribeiro Feijó participava de uma audiência de conciliação no Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania- Cejusc de Praia Grande na presença do advogado dele, que é seu pai.

Durante a conciliação, a chefe do órgão chamou o juiz, que estava em seu gabinete, porque o advogado de Feijó estava agitado e tumultuava a conciliação.

A confusão começou quando o magistrado se dirigiu a sala de audiências e foi xingado, pelo suspeito, de “macumbeiro”, momento em que deu voz de prisão para o suposto autor da agressão, conforme relato do boletim de ocorrência da Polícia Militar.

O juiz ainda questionou o suposto agressor sobre o que tinha dito. Ele se levantou e reafirmou: “Isso mesmo”.

Ao dar voz de prisão a Feijó, o agressor partiu para cima do magistrado e deu um soco em sua boca. Segundo a polícia, a vítima teria perdido por segundos a consciência caindo no chão.

mudancadeparadigmas.com