Menina puxada ao mar por leão-marinho contraiu bactéria mortal

A NBC News afirmou, nesta quinta-feira (25) que, após alerta do Aquário de Vancouver, a garota canadense, que foi puxada ao mar por um leão-marinho, está recebendo tratamento para tratar uma possível infecção incomum e perigosa, conhecida como “seal finger“.

Assim que a menina se sentou em uma mureta, o animal saltou, agarrando-a pelo vestido e a puxou. A mordida do peixe, que deixou marca uma na pele, pode propagar uma bactéria incomum em mamíferos não aquáticos.

A bactéria é chamada Mycoplasma phocacerebrale, deve ser tratada imediatamente com antibióticos.

O pai da menina disse que a família aprendeu uma lição quanto à segurança.

“A única coisa que importa é que ela está salva. Eu poderia estar organizando um funeral agora em vez de dar uma entrevista“, afirmou ele.

blog_attack_2

mudancadeparadigmas.com

Se você gostou, compartilhe essa matéria ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page