Meryl Streep faz criticas a Donald Trump em discurso no Globo de Ouro e ele da o troco “Ela é amante de Hillary”

A atriz Meryl Streep a  grande homenageada da 74ª edição do Globo de Ouro, que aconteceu em Beverly Hills, na Califórnia, Estados Unidos, subiu ao palco para receber sua estatueta das mãos de Viola Davis e fez um discurso com politicamente poderoso.

Mas quem somos nós? O que é Hollywood? Eu fui criada nas escolas públicas de Nova Jersey“, iniciou a atriz, citando ainda as diferentes nacionalidades dos atores na plateia.

Em seguida censurou de maneira comovente a xenofobia, crescente nos Estados Unidos.

“Se mandarmos todos os estrangeiros embora, não vamos ter nada o que assistir a não ser futebol e artes marciais. E isso não é o que a arte deve ser”, disse ela.

Meryl Streep finalizou seu discurso lembrando e criticando duramente a atitude do futuro presidente que ridicularizou um jornalista deficiente, em um comício.

Esse exemplo dado por uma pessoa tão poderosa dá permissão a outras pessoas para desrespeitar. A violência incita a violência. O desrespeito incita o desrespeito. Se alguém usa sua posição para fazer bullying, todos nós perdemos.”

Em reação ao discurso da atriz no Globo de Ouro, o presidente eleito Donald Trump, disse ao “The New York Times” na manhã desta segunda (9), que não assistiu à fala de Streep, mas que não ficou surpreso com o ataque do que chamou de uma das “pessoas liberais do cinema” e classificou Meryl Streep como “amante de Hillary [Clinton]”.

Em sua página no Twitter, ele também comentou o assunto, criticando a atriz.

“Meryl Streep, uma das atrizes mais superestimadas de Hollywood, não me conhece, mas me atacou ontem no Globo de Ouro. Ela é uma serva de Hillary.” Informações: Ego.Globo

mudancadeparadigmas.com

Se você gostou, compartilhe essa matéria ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page