Mesmo presa, Adriana Ancelmo tem registro na OAB reativado

A ex-primeira dama do Rio, Adriana Ancelmo que está presa em Benfica, teve seu registro na Ordem dos Advogados do Brasil-OAB novamente reativado, registra O Globo.

“A inscrição da mulher de Sérgio Cabral foi suspensa cautelarmente por 90 dias no início de dezembro do ano passado, e um processo disciplinar foi aberto. Como o procedimento não foi concluído pelo Tribunal de Ética e Disciplina da OAB do Rio de Janeiro, o registro da ex-primeira-dama foi reativado.”

O Estatuto da Advocacia prevê que o advogado pode ser suspenso preventivamente “em caso de repercussão prejudicial à dignidade da advocacia”.

A prisão não está inserida neste contexto?

mudancadeparadigmas.com