Michel Temer perde processo e terá que pagar 60 mil reais a Joesley Batista

O pedido do presidente Michel Temer para que o empresário Joesley Batista, dono do grupo J&F, fosse condenado a pagar R$ 600 mil por danos morais, foi rejeitado pela 10ª Vara Cível de Brasília.

No processo, Temer acusava Joesley Batista de calúnia por ter declarado em entrevista à Época que ele chefiava “a maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil”.

A decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, proferida no dia 12, e divulgada nesta quarta-feira (17) revela que “a entrevista tem como cerne a narrativa de fatos de interesse nacional que poderão ser objeto de análise judicial pelo órgão competente, os quais se inserem dentro do âmbito da liberdade da informação em um Estado Democrático de Direito, não relacionada à crítica pessoal e sem o propósito de atingir, especificamente, a honra do autor”.

Além de perder o processo, Michel Temer foi condenado a pagar 60 mil reais aos advogados de Joesley Batista.

mudancadeparadigmas.com