Missa em Aparecida tem mensagem do papa e vaias a Alckmin, Kassab e Imbassahy

A celebração em comemoração aos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida na cidade de Aparecida do Norte, interior do Estado de São Paulo, contou com a presença do cantor Agnaldo Rayol que levou uma imagem da santa ao altar.

A solenidade teve inicio com uma mensagem em vídeo enviada pelo Papa Francisco, que lamentou não estar no santuário e afirmou ter “saudades, saudades do Brasil”.

O papa Francisco abençoou todos e pediu que os cristãos “não se deixem vencer pelo desânimo“.

O Brasil, hoje, necessita de homens e mulheres que, cheios de esperança e firmes na fé, deem testemunho de que o amor, manifestado na solidariedade e na partilha, é mais forte e luminoso que as trevas do egoísmo e da corrupção.”

No vídeo, Francisco lembra a visita que fez ao Santuário de Aparecida em 2013, diz que está “com saudades do Brasil”, mas que não pôde vir à comemoração dos 300 anos do encontro da imagem da santa por causa de sua agenda. “Ainda que não esteja fisicamente presente, quero entretanto, manifestar meu carinho por este povo querido.”

Tão logo o vídeo terminou, foram anunciadas as autoridades presentes: o governador paulista, Geraldo Alckmin (PSDB) e os ministros Antônio Imbassahy (Secretaria de Governo) e Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Inovações). Todos foram vaiados pelo público presente.

“Senhores políticos,apertem os cintos! O povo brasileiro está atento!

mudancadeparadigmas.com