Monica Iozzi solta o verbo sobre processo movido por Gilmar Mendes

A atriz Monica Iozzi foi a convidada do “Programa do Bial” nesta quarta-feira (12). Ao ser questionada por Pedro Bial sobre o assunto polêmico envolvendo o processo aberto pelo ministro Gilmar Mendes contra ela, Iozzi não se intimidou e disse que permanece acreditando que não fez nada de errado.

“Se é justo ou não o que ele (Gilmar Mendes) fez, que a Justiça decida, mas, assim, eu tenho direito, como cidadã, de questionar, sim, a decisão de um ministro. E na época, ele era presidente do Supremo“, afirmou a humorista.

O processo movido pelo ministro Gilmar Mendes aconteceu após a global criticar uma decisão do ministro no Instagram: “Eu não me contive e fiz um post dizendo: ‘Se um ministro do Supremo Tribunal Federal age dessa maneira, não sei o que esperar da Justiça’. E aí ele me processou por calúnia e difamação“, relatou Monica, referindo-se ao habeas corpus concedido ao médico Roger Abdelmassih, condenado por estupros e manipulação genética irregular.

Monica Iozzi foi condenada pela Justiça a pagar uma indenização de R$ 30 mil ao ministro.

mudancadeparadigmas.com