Moro manda PF manter aberto ‘inquérito-mãe’ da Lava Jato

O juiz federal Sérgio Moro determinou que a Polícia Federal não arquivasse o inquérito que deu origem à Operação Lava Jato, em Curitiba, aberto em 8 de novembro de 2013 pelo delegado Márcio Adriano Anselmo e que teve sua primeira fase deflagrada em 14 de março de 2014, diz o Estadão.

A decisão de arquivar o inquérito-mãe foi assinada pelo delegado Igor Romário de Paula, que comandava a equipe da operação, na ocasião.

Conforme se observa em fls. 138/165, o procedimento já se encontra relatado e com as respectivas ações penais concluídas em primeira instância”, escreveu o delegado no documento enviado a Moro.

O juiz considerou a medida inoportuna e despachou:

A autoridade policial requer o arquivamento do presente inquérito, eis que, ‘no que se refere às providências de investigação a cargo da Polícia Federal, não existem mais demandas a serem solucionadas nestes autos’”.

“Em que pese não haja mais diligências investigativas a serem realizadas neste inquérito fato é que veicula ele inúmeras demandas de forma centralizada, não sendo oportuno, no momento o seu arquivamento, por uma mera questão pragmática” escreveu Moro, em despacho de 27 de setembro, anexado no próprio inquérito.

Confira:

(Posto da Torre em Brasília,onde originou a Operação Lava-Jato)

mudancadeparadigmas.com