Pimentel – o novo Tiradentes

Pimentel - o novo mártir da Inconfidência

Na cerimônia da Inconfidência, em Ouro Preto, onde Tiradentes foi enforcado em 21 de abril, o  governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), comparando-se ao mártir , disse que a liberdade e a justiça foram “solapadas por uma teia de acusações que lembra as alcovas da Conjuração Mineira“, diz a Folha de São Paulo.

E prosseguiu “Naquele episódio fundante da nossa nacionalidade, Tiradentes foi protagonista involuntário de um espetáculo e não de um processo justo“, disse em meio a aplausos e gritos de “Fora, Temer”.

As acusações, quando a serviço de estratagemas, morrem. Os acusadores morrem, mas a injustiça contra as vítimas da acusação infundada é incontornável e irreparável. Quando uma sociedade se rende aos clamores de vingança, ela se rebaixa e deixa de ser republicana e democrática“.

Tiradentes levou 13,5 milhões de reais para liberar financiamentos do BNDES? Ele teve um assessor preso com uma mala de dinheiro em seu avião particular?

mudancadeparadigmas.com

Se você gostou, compartilhe essa matéria ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page