Planalto diz que gravação de Joesley foi editada e envia áudio de Temer a peritos

Auxiliares de o presidente Michel Temer desconfiam que a gravação feita pelo empresário Joesley Batista, da JBS, com o presidente Michel Temer foi editada. Para eliminar duvidas decidiram enviar a peritos segundo informações da Folha de São Paulo.

Se for comprovada a existência de montagem nos áudios, o governo vai reforçar a tese de que Temer foi vítima de uma “conspiração”, como ele próprio disse a aliados.

Além disto o Planalto vai reforçar a tese de que o grampo, feito por Joesley antes de ele fechar acordo de delação com a Lava Jato, foi ilegal, sem autorização da Justiça. E questionarão a decisão a Procuradoria-Geral da República de validá-lo.

mudancadeparadigmas.com

Se você gostou, compartilhe essa matéria ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page