PT escala tropa de advogados para impedir prisão de militantes no dia 24

O Partido dos Trabalhadores contratou uma comitiva de advogados para dar suporte aos ‘militantes’ que vão acompanhar o julgamento do ex-presidente Lula pelo TRF-4, em Porto Alegre, no dia 24, segundo o blog Painel(Folha).

Os defensores vão ficar de prontidão para oferecer suporte jurídico no caso de confrontos ou prisões.

A decisão revela a preocupação de dirigentes do PT e dos movimentos de esquerda com o que eles têm chamado de “reação radicalizada” da base do partido à possível condenação do ex-presidente na segunda instância.

“As cúpulas do PT e dos movimentos de esquerda têm feito apelos para que os atos sejam pacíficos, mas admitem que o clima de revolta pode tornar a massa incontrolável. Sedes do Poder Judiciário e de meios de comunicação são vistos como potenciais alvos de ataques”.

mudancadeparadigmas.com