Roberto Jefferson: “Minha filha não vai sair de bandida”

Em entrevista à Folha neste sábado(03), Roberto Jefferson falou sobre a nomeação de sua filha, Cristiane Brasil (PTB-RJ) ao Ministério do Trabalho e também sobre o inquérito que apura suspeitas de tráfico de drogas e associação para o tráfico durante a campanha eleitoral dela em 2010, conforme noticiado pelo Estadão.

Não vamos desistir da indicação, tem que levar até o fim a votação no Supremo Tribunal Federal. Minha filha não vai sair de bandida.”

O presidente do PTB criticou a reportagem do Estadão sobre a investigação e afirmou que Cristiane não era candidata em 2010.

A matéria é indecente. É um absurdo. Minha filha tinha entrada na comunidade porque era secretária da terceira idade. É uma acusação leviana.”

A investigação foi enviada à Procuradoria-geral da República-PGR, em Brasília, porque Cristiane é deputada federal e ministra nomeada do Trabalho, desfrutando portanto, de foro privilegiado.

mudancadeparadigmas.com