“Só palpiteiro, carreirista, oportunista”

O filósofo Olavo de Carvalho, que mora em Richmond, nos Estados Unidos, afirma ter feito “todo o possível para que existisse uma direita no Brasil”.

À Folha de S. Paulo,ele falou que não sabe definir o que hoje é a corrente identificada como a “nova direita” no país.

Eu sei lá o que é a nova direita. Eu quero que ela se dane. É um bando de picaretas. Eu abri um rombo na hegemonia esquerdista, só que o pessoal que veio atrás não tinha preparo nenhum. Só palpiteiro, carreirista, oportunista.”

O movimento popular se dispersou e o MBL está lá, levando o dinheiro dos partidos políticos. Inventou um jeito de fazer tudo de novo, como estava antes” afirmou criticando o Movimento Brasil Livre-MBL.

Sobre o possível candidato Lula, Olavo debochou: “O Lula, coitado. Acho que ele não se elege nem em Catolé do Rocha [PB].

mudancadeparadigmas.com