Temer “Previdência pagará “bônus” a quem contribuir mais”

Em entrevista ao SBT, o presidente Michel Temer disse que a reforma da Previdência deverá prever o pagamento de um “bônus” ou “abono” para quem tiver contribuído por mais tempo ao se aposentar com a idade mínima de 65 anos, informa Kennedy Alencar.

Pode criar um bônus, um abono, em função da permanência no serviço, seja no serviço público ou na iniciativa privada. Eu acho que essa é uma regra de justiça. Quem contribuiu mais deve receber mais”, afirma o peemedebista.

Perguntado sobre a possibilidade de desvincular a regra de reajuste real do salário mínimo de benefícios para aposentados e deficientes carentes, aposentadorias rurais e pensões, Temer diz:

“A minha primeira convicção é de que não deve se desvincular. Esta é a minha primeira impressão. Mas eu só vou anunciar em definitivo quando tiver a reforma pronta”.

O presidente Temer afirmou que a idade mínima será mesmo de 65 anos, mas ainda avalia um limite menor para mulheres.

“Acho que as mulheres têm que ter um prazo um pouco menor do que o dos homens.”

A reforma da Previdência deverá ser levada ao Congresso até o final do mês e que ela será aprovada completamente no primeiro semestre do ano que vem, acredita Temer.

O presidente destaca ainda que “direito adquirido” não será afetado e que será feita “uma reformulação da Previdência para se compatibilizar com o teto de gastos do país”.

mudancadeparadigmas.com

 

Se você gostou, compartilhe essa matéria ...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someonePrint this page