Terrorismo estudantil

Um aluno do 8º ano do Colégio Goyazes, em Goiânia, entrou armado nesta sexta-feira (20) na instituição de ensino e matou duas crianças e feriu uma menina e três meninos, de 12 e 13 anos.

Segundo o jornal O Globo, o atirador de 14 anos é filho de policiais militares e entrou com a arma, uma pistola. 40, na mochila.

“Depois de um disparo dentro da própria mochila e de um tiro para o alto, o estudante mirou em um jovem sentado atrás dele, que comumente implicava com ele. Ele acabou apreendido e foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para exame de corpo delito e seguiu para a Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai)”.

Confira: